Me apaixonei
e foi assim tão de repente...
Posted 31 August 2014, 1 day ago | 27,198 notes | reblog this post
(originally patriciiamoura / via nativaflor)
Posted 31 July 2014, 1 month ago | 942 notes | reblog this post
(originally nevarias / via quemdissealice)
Posted 23 May 2014, 3 months ago | 584 notes | reblog this post
(originally deposito-de-tirinhas / via quemdissealice)
Posted 22 May 2014, 3 months ago | 130,915 notes | reblog this post
(originally winterginger / via eloytorcinelli)
Posted 11 May 2014, 3 months ago | 3,050 notes | reblog this post
(originally brazilwonders / via votre-absence)
Posted 11 May 2014, 3 months ago | 35,568 notes | reblog this post
(originally a-interrogada / via principe-por-engano)
“Bom dia!” — Ele mandava todos os dias. Um bom dia simples, sem exageros. Até que então, ela o questionou:
— Você manda esse “bom dia” seco, como se fosse no automático, como se não fosse nada demais.
— É o meu “Bom dia!” carinhoso. — Replicou.
— É isso que você chama de carinhoso? Nem de longe isso poderia ser chamado de carinho! — Gritou.
— Você não entende mesmo o que é o meu carinhoso.
— Não? Então me explique, adoraria que me explicasse. É obvio que você não se importa comigo, que sou mais uma, que não tenho valor para você…
— Você — Ele interrompeu. — É a única que eu dou bom dia, todos os dias. A única.
~ Allax Garcia.  (via alienad-a)
Posted 11 May 2014, 3 months ago | 16,395 notes | reblog this post
(originally allaxg / via alienad-a)
Posted 11 May 2014, 3 months ago | 3,321 notes | reblog this post
(originally realizes / via idealizar)
Posted 11 May 2014, 3 months ago | 944,683 notes | reblog this post
(originally y-o-y-o / via retratou)